Novidades na integração SugarCRM - IPBrick

Ouvir com webReader

Para a versão GA do SugarCRM 5.5, estamos a preparar algumas surpresas para a versão 5.1 da IPBrick:

  • Disponibilização do suporte integrado para qualquer das versões SugarCRM 5.2 e 5.5 (Community Edition, Professional ou Enterprise).
  • Novo método de sincronização/importação de contas e contactos. Este método reduz exponencialmente a velocidade de sincronização: quanto maiores forem os dados a importar, maior será a diferença na rapidez.
  • Graças a este novo método vai ser possível também algum nível de sincronização bidireccional. Na verdade trata-se de uma fusão - tanto quanto possível - de dois registos em alterados em ambos lados. O utilizador poderá controlar como pretende os resultados:
    • sincronização estrita com o IP Contactos
    • sincronização dos comuns (entre IPBrick e SugarCRM) mas preservando os dados isolados do SugarCRM (ie, que não existam no IPBrick), permitindo ao SugarCRM desenvolver autonomia
    • ou sincronização de apenas os dados novos do IP Contactos, preservando por completo os registos do SugarCRM.
  • Melhor integração com o SugarCRM: a nova versão está muito mais robusta no que toca a alterações upgrade safe e a DRI refez a integração para isso mesmo, o que significa que novas versões serão lançadas mais rapidamente.
  • A existência de uma camada de abstracção, possibilitando testar directa e instantaneamente sobre dados reais dos clientes. Ainda será desenvolvida uma funcionalidade de ofuscamento de dados para permitir manter a confidencialidade desses dados.
  • A possibilidade de realizar sobre o capítulo de sincronização uma bateria de testes de validação (unit testing) automatizados. Esta medida vai-nos possibilitar fazer controlo de qualidade antes de cada versão do módulo.
  • E claro, não menos importante, um footprint de memória muito reduzido (< 1MB na linha de comandos);
  • A nova interface de administração, com um assistente que vai explicando os passos a seguir, oferece agora a possibilidade de extrair relatórios da sincronização (ver abaixo) e permite a revisão do resultado final antes de ser fundido com o SugarCRM:

Quadro inicial:
sugar-ipbrick-uirevamp1

O primeiro passo é a importação dos dados do IP Contacts e cruzamento com os dados actuais do SugarCRM. No final do processo será possível rever as operações:
sugar-ipbrick-uirevamp2

Finalmente, o último passo é a fusão:
sugar-ipbrick-uirevamp3

De resto, estamos ainda a afinar os últimos detalhes do módulo de integração com as comunicações unificadas, que será também adaptado para as alterações da IPBrick 5.2.


You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

AddThis Social Bookmark Button

Leave a Reply